Buscar
  • Suelen Brandão

É sobre agradecer.

Uma vez uma amiga muito próxima me disse para começar a escrever agradecimentos, confesso que relutei um pouco de início, comprei um bloquinho de notas e comecei a colocar em prática, levava para todos os lugares onde eu ia. Decidi que além dos agradecimentos do dia, eu colocaria também motivos pelos quais eu deveria buscar ser alguém melhor, mudar alguns defeitos e falhas que me atrapalhavam. Sei que a primeira vista não parece algo muito divertido, e com certeza é algo que demanda pensar um pouco mais do que costumamos pensar, é preciso analisar e avaliar seu dia, todo o seu dia, cada detalhe dele, pois cada pedacinho merece ser observado como gratidão.

Recentemente folheei as páginas do meu bloquinho, e descobri que eu comecei esse hábito em dois mil e dezenove, mais precisamente no dia vinte e nove de setembro, e as coisas que estão escritas me encheram de alegria, não uma alegria normal de dia a dia, uma alegria transbordante, meu coração se encheu, ficou repleto de sentimentos bons em lembrar coisas tão simples mas pelas quais fui grata. Sobre os motivos a melhorar escritos nesse dia, eu posso dizer com todo meu coração que consegui melhorar pelo menos dois itens de uma lista de sete, sei que parece muito pouco, mas lendo esses motivos percebi que alguns deles se tornaram grandes qualidades em mim com o passar do tempo, e eles já não me são problemas.

Um dos defeitos citados, fala sobre ser menos intensa, descobri a algum tempo atrás que isso está longe de ser um defeito, costumava ser um defeito porque eu juntava meu emocional com minha intensidade, fazendo tudo virar uma bola de neve explosiva, depois que descobri isso sobre mim mesma melhorei muito como pessoa, como ser humano. Através dos agradecimentos eu encontrei mais motivos para agradecer em meio a uma depressão que eu não entendia de onde vinha, em meio a crises de ansiedade eu me perdia, mas quando me sentava para agradecer, eu encontrava um mar de motivos simples e bonitos pelos quais valia a pena lutar cada segundo pela minha melhora, parece clichê, mas é muito mais que um clichê. Era questão de sobrevivência.

Quero te incentivar a ter um bloquinho de agradecimentos mais conhecido como bloquinho da gratidão, se não quiser um bloquinho pode ser qualquer caderninho, contanto que você personalize ele ao seu gosto, deixando ele com a sua cara, assim mesmo quando você não tiver a menor vontade de escrever nele, ele vai te chamar a atenção pelos olhos, por isso mantenha-o sempre a vista. Por exemplo, hoje é dia onze de março de dois mil e vinte e um, agradecimentos do dia, coloque todos os motivos pelos quais você é grato no dia de hoje, seu café quentinho pela manhã, o livro novo que começou a ler e está amando, a música que descobriu em uma nova playlist, o banho maravilhoso que tomou, o pão gostoso da padaria que comeu quentinho, um litro de água que tomou hoje, e promete que amanhã vai se esforçar mais para tomar dois litros, enfim, todo o tipo de coisa que aconteceu no seu dia, e do outro lado da folha escreva defeitos para mudar, escreva todas coisas que te incomodaram sobre você mesma naquele dia, por exemplo, bateu o dedinho do pé na cama logo que levantou e já saiu reclamando de manhã cedo, consequentemente reclamou de todo o resto, se atrasou pro trabalho e percebeu que precisa mudar suas prioridades, esqueceu de algo e precisa prestar mais atenção, essas coisinhas pequenas no nosso dia que podem nos atrapalhar e muito se permitirmos.

Sei que parece simples demais a primeira vista, principalmente porque eu disse que esse hábito mudou minha vida, e provavelmente vão ter dias onde não vai ter acontecido muitas coisas incríveis na sua vida, e a sua vontade de escrever vai estar lá no chão, vão ter dias que você vai estar tão pra baixo que a ultima coisa que quer é enxergar beleza na sua vida, onde você só vê feiura, nesses dias se obrigue a escrever, nem que seja para agradecer simplesmente por estar vivo.


De acordo com alguns estudos científicos foram comprovados os benefícios da gratidão praticada diariamente, por exemplo o estudo do Dr. Robert A. Emmons diz que, a gratidão aumenta efetivamente a felicidade e ajuda a lidar com a depressão.

E ainda um estudo publicado na revista Applied Psychology menciona que escrever em um caderno os motivos pelos quais você é grato antes de dormir melhora a qualidade do sono. Apenas 15 minutos pensando e escrevendo sobre estas coisas pode ajudar a dormir mais e melhor.

Lembre-se no final é sobre ser grato ou não.

Confira a matéria sobre os estudos científicos no link abaixo:

https://forbes.com.br/fotos/2014/11/7-beneficios-cientificamente-provados-da-gratidao/

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo